convivência

5758717307_d6e52a84a6

* para xs, talvez, amigxs;

** a solidão desola-me; a companhia oprime-me. (fernando pessoa)

A superficialidade já não cabe mais em mim; na verdade, nunca me exerceu interesse. É nítida a barreira que tenho colocado entre a minha própria figura e tudo que existe para além do meu corpo. Tal ato deu-me mais espaço para me conciliar com todas essas pessoas que, internamente, existem em mim.

Eu conheço os meus estados e as mulheres que me habitam. Encontro-me em período de assimilação destas estranhas, uma vez que já as aceitei para a convivência cotidiana. Neste cenário, a solidão e o silêncio têm sido amigos fiéis: ajudam-me a dar vazão às minhas vozes. De forma que, lentamente, a ideia de reclusão tem se afastado, mesmo que, em alguns momentos, exista a disposição de aproximá-la. Contudo, entendo que este meu ostracismo é sintoma da lucidez em excesso que me enclausura, afinal, como diz Clarice Lispector: “essa clareza de realidade é um risco”.

Assim, não posso deixar que continuem a me sugar, extirpando aquilo que de mais lúcido me reside. O Mundo por si só já me sufoca e inquieta em demasia. Não necessito que exista mais um abalo que colida com os terremotos inerentes às profundezas do meu desassossego de espírito.

A verdade é que, por muito tempo, mantive-me fragmentada. A deterioração das demandas da mente fez com que me perdesse de mim mesma. Logo, o ensaio de juntar todas as minhas partes é alívio. Cheguei a um ponto de me querer por INTEIRA. Da cabeça aos pés. Até o último fio de cabelo. Eu me desejo. Quero todas essas estranhas que se atracam no meu âmago. Quero-me forte ou fraca.

Nesse sentido, a sequencia lógica das questões, coloca-me, portanto, que o próximo passo aponta tanto para as relações que arrisco com o que me é externo, quanto para como os extrínsecos reagem perante a mim. Espero que permaneçam apenas aqueles que me querem da mesma maneira que eu: em minha totalidade.

Advertisements

3 thoughts on “convivência

  1. Espero que consiga alcançar esse estado de paz interior e aceitação total que tanto deseja, e acredito que com isso apenas ficarão os poucos bons, mas isso também faz parte. Beijos e boa sorte para a convivência das várias mulheres dentro de si 🙂

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s