do que eu não sei

Seria bom se soubesse que amanhã vai ser realmente melhor que hoje. Queria ter a certeza do rumo da vida. Queria poder abraçar o vento e sentir o quão forte é ele. Sentir a resistência das forças… Tê-la comigo. Queria que o mundo parasse de girar. Ser lúcida nas decisões e nos sentimentos. Sobretudo, ter a certeza de que sinto. Apetece-me qualquer probabilidade de encontrar dias melhores. Em momentos de loucura, poder gritar que não preciso de ninguém… Oras, de hipocrisia morreria. A vida poderia ser rebobinada. Alguém poderia tentar salvar o mundo. Sou os possíveis e impossíveis. Desejo sanar todas as minhas dúvidas. Mesmo que insossa, a vida fosse perfeita, eu não questionaria. Queria que não houvessem guerras, e que todos encontrassem a paz em meio a tanta devastação. Queria poder contar que esta noite o mundo começaria de novo, e que fosse verdade… Todos estariam livres. Queria estar completa e completar seria. Queria não depender do sistema de capital e do material. Queria poder acreditar em orações – talvez facilitasse meu estadia neste Mundo. Queria saber de todo um tudo, mas de tudo, talvez, nada; e feliz seria ao saber que tudo que sei é o bastante para que a vida prossiga. Queria ser alguém, às vezes, queria eu ser, ou ser eu.  Talvez, não complicar. Queria não querer coisas vazias e sem valor. E, eu quero apenas a chance de que talvez nós achemos dias melhores.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s